A importância das amigas na conquista de um novo hábito

É tão bom estar cercada de amigas, trocar experiências, bater papo, dar boas risadas. E ter uma colega ao lado nas horas difíceis, nos momentos de dificuldade, em tempos de mudança, pode fazer toda a diferença.

Mas como saber se essa colega é uma amiga ou uma cúmplice?

A importância das amigas na conquista de um novo hábito

Segundo os autores do livro “Mude tudo que quiser“, os amigos são aqueles que te ajudam a alcançar os objetivos e os cúmplices são os que te distraem e sabotam seus esforços para mudar.

Citando um exemplo: imagine que você está tentando mudar o seu hábito de fazer menos compras e economizar dinheiro para a viagem dos seus sonhos. E compartilha essa sua decisão com a sua colega mais próxima. Ela estará fazendo o papel de “amiga” naqueles momentos em que você vai tirar o dinheiro ou cartão de crédito da bolsa para gastar e te lembrar do seu objetivo maior, da sua viagem, fazendo você refletir se a compra é realmente necessária. Por outro lado, se essa colega insistir com você em continuar indo ao shopping durante o intervalo de almoço, ou ficar te contando sobre as compras que ela fez, falando coisas como “só uma comprinha não vai fazer tanta diferença assim no seu orçamento”, ela vai estar sendo cúmplice, e te afastando do seu objetivo, da sua viagem.

Transformar alguns “cúmplices” da sua vida em “amigas de verdade” soma mais de 60% às suas chances de sucesso.

É importante que você perceba essas situações do cotidiano, tendo a consciência para lidar com esses eventos, alinhando expectativas, percebendo o seu comportamento e principalmente como está sendo influenciada pelas pessoas ao seu redor. Dessa forma vai ser mais fácil se manter firme na sua decisão e conseguir a disciplina suficiente para mudar o seu hábito.

Quero te contar sobre a experiência que fizemos no 1º desafio Restartme, onde sete mulheres corajosas toparam o desafio de mudar ou criar um hábito.

Foram oito encontros semanais, online, onde identificamos como os conceitos de alguns especialistas poderiam ser colocados em prática, respeitando o hábito e o momento de cada participante. Esses encontros foram repletos de trocas de informação e conhecimento, desabafos, relatos de experiências, e foram muito importantes para que as participantes trabalhassem de forma colaborativa, uma ajudando a outra para atingir o seu objetivo específico.

Foi interessante perceber como a dificuldade no início do desafio foi sendo transformada aos poucos em êxito e superação. Confira abaixo alguns depoimentos:

Iniciando o desafio do hábito

🤔 Semana intensa e bastante oportunidade em praticar meu hábito. Consegui com sucesso em 1 situação, mas escorreguei em outra…vamos lá!!!
🤒 Essa semana foi mais complicada, fiquei doente mais consegui me exercitar três vezes
🙁 Semana produtiva.. consegui manter, mas não cumpri todos os dias
😥 Essa semana eu não consegui escrever nada..

Muita garra, apoio e incentivo no meio do processo

😀 Semana realizada com sucesso! Esta cada vez menos doloroso e mais fácil em praticar o habito sem dizer não.
😀 Mais uma etapa concluída, felicidade! dia 24 começo a academia!
🙁 Essa semana eu consegui escrever alguma coisa, dediquei um tempo para essa atividade, mas ainda está bem devagar. Preciso me dedicar mais para esse novo hábito.
🙁 Minha semana não foi produtiva, por causa dos meus sabotadores. preciso reforçar o trabalho da manutenção do hábito.

Finalizando o desafio com excelentes resultados

😀 Antes eu acabava procrastinando essa atividade, adiava dia após dia por achar que não seria capaz, depois do desafio eu sei que posso sim realizar, sei que sou capaz!
😀 Me percebo muito melhor comigo mesma. Antes assumia preocupações, que hoje eu enfrento e digo exatamente o que precisa ser dito na hora.
😀 Sinto-me desafiada a vencer minha preguiça e meu sofá diariamente.
😀 Hoje me conheço melhor e sei que sou capaz de construir qualquer novo hábito, só depende de mim.
😀 Eu estava um pouco receosa e ansiosa antes do desafio, e no final eu estava muito animada, feliz e me sentindo realizada pelas nossas conquistas.

Se você está achando muito difícil mudar, olhe ao seu redor e perceba quem são os seus cúmplices. É bem provável que esteja sendo influenciada com palavras e atitudes que estimulam seu comportamento atual, te impedem de criar novos hábitos e te afastam do seu objetivo.

Pessoas com meia dúzia de amigos ativos (que desempenham o papel de treinador ou fã) tem quase 40% mais chance de sucesso do que aqueles com menos de meia dúzia de amigos.

Fonte: Laboratório Mude Tudo que Quiser, estudo Friends and Accomplices (2009)

Faça um exercício e tente responder as perguntas abaixo:

  • Quem vai te dizer que você continua com os seus hábitos antigos?
  • Quem vai te dar parabéns quando você começar a ter novos hábitos?
  • De qual pessoa você tem medo de receber críticas?
  • Quem são as pessoas que podem te apoiar, incentivar, ficar do seu lado nos momentos difíceis de decisão?

As suas “amigas de verdade” serão aquelas que vão dar exemplos de boas escolhas, cobrando atitudes diferentes, oferecendo conselhos, elogiando os novos comportamentos e celebrando junto com você as pequenas conquistas.

E você, quer encontrar amigas de verdade para te apoiar e incentivar na conquista de novos hábitos?

Venha participar do próximo desafio do hábito!

Clique aqui e confira os detalhes e as datas dos próximos grupos.