Concorrência ou Parceria?
Adelaide Giacomazzi
Adelaide Giacomazzi

Concorrência ou Parceria?

Se você tem uma amiga ou colega que exerce a mesma profissão que você ela necessariamente é a sua concorrente? Você pode ter um cliente que é também seu concorrente?

Concorrente significa um candidato ou pessoa que, com outros, quer o mesmo lugar ou cargo, que compete. Mas concorrente também pode significar quem converge para um mesmo ponto, um mesmo fim, um mesmo objetivo.

Tudo depende da forma como você observa a situação. Veja algumas opções:

(Re)Definindo seus Sonhos de Vida

(Re)Definindo seus Sonhos de Vida

Você é uma pessoa empreendedora, que tem sonhos e expectativas de um futuro melhor? Ou a sua vida está no piloto automático e você nem se lembra se algum dia teve um sonho?

Sonho é um projeto de vida, algo que dá sentido à sua existência, que te faz encontrar a motivação para superar as dificuldades e aprender com os desafios.

Sonho ou desejo?

Encontrei uma definição muito interessante de Augusto Cury falando sobre a diferença entre sonhos e desejos. Segundo ele, “sonhos são projetos de vida e desejos são intenções superficiais”. O desejo é o querer, ter a vontade ou expectativa de possuir ou alcançar algo, satisfazer as necessidades mais básicas, como sobrevivência.

Independente se você tem muito ou pouco dinheiro, muitos ou poucos momentos de prazer, pode ser  complicado e doloroso ficar com uma sensação de vazio, como se a vida não fizesse sentido. E isso pode acontecer quando você não tem um sonho, ou quando ele está dormindo lá dentro de você e por diversos motivos você não tem coragem de acordá-lo.

“Cada sonho que você deixa pra trás, é um pedaço do seu futuro que deixa de existir.” Steve Jobs

Muitas pessoas podem ter dificuldade para identificar seus sonhos. Talvez porque nunca tenham parado para pensar de uma forma mais aprofundada sobre isso, ou estão muito ocupados com a correria do dia-a-dia, ou insistem em realizar alguns sonhos de infância que talvez não façam mais sentido.

Recebi uma mensagem de uma coachee muito querida na virada do ano, em que ela desejava “um renascer de velhos sonhos”.

Convido você a fazer uma reflexão profunda sobre os seus sonhos.

Você atingiu todos eles, ou está próxima de atingir?

Quando for (re)definir seus sonhos, você deve prestar muita atenção e ser o mais sincera consigo mesma. Não são os sonhos do seu pai, da sua mãe, do seu marido, do seu chefe ou de nenhuma outra pessoa. São os “seus” sonhos de vida.

Se é realmente um sonho que é seu e de mais ninguém, o que você está fazendo para tornar ele realidade? É mais fácil deixar ele guardado em alguma gaveta ou escondido dentro de você, muitas vezes fingindo  não perceber a autossabotagem para não realizá-lo?

Se você se sente muito longe ou distante, isso pode ter acontecido porque talvez esse sonho nunca foi seu de verdade, e sim de alguma outra pessoa com um alto poder de persuasão. E você simplesmente se deixou influenciar de alguma forma.

Você tem 3 alternativas:

  • Refletir com sinceridade e definir um sonho que é seu de direito, algo que faça sentido para você e para a sua vida
  • Definir um sonho que você entende que é seu e testar se é isso mesmo que você realmente quer, revendo depois se for necessário
  • Assumir que não é um sonho seu, e sim de outra pessoa (ou da sua empresa), mas que você está empenhado em ajudá-la a atingir porque isso vai te trazer algum benefício

 

Realizar sonhos exige muito planejamento, disciplina, garra e dedicação. A jornada pode ser difícil, mas a sensação de ter um sonho realizado é única e inesquecível.

Sem sonhos, a vida não tem brilho. Sem metas, os sonhos não têm alicerces. Sem prioridades, os sonhos não se tornam reais. Sonhe, trace metas, estabeleça prioridades e corra riscos para executar seus sonhos. Melhor é errar por tentar do que errar por omitir.Augusto Cury

Workshop Planejamento 2018

Workshop Planejamento 2018

Local: Casa Casulo – Rua Groenlândia, 160 – Jardim Paulista – São Paulo/SP
Link para inscrição: http://bit.ly/planeja18


Você tem a clareza do que realmente é importante na sua vida?
Os seus objetivos e metas para 2018 estão definidos?
Como você está se preparando para ter melhores resultados?

O Workshop de planejamento é voltado para a mulher empreendedora que procura independência, tempo livre, autoconfiança, mais segurança para tomar decisões e “dizer nãos”.

Permita-se dedicar 8 horas do seu ano para refletir, ter um olhar questionador sobre a sua vida, definir suas prioridades e decidir onde você vai investir o seu tempo, a sua energia e o seu dinheiro.

Um bom planejamento é como um mapa, que vai orientar o seu caminho para conquistar seus objetivos com mais tranquilidade, agilidade e segurança.

A ideia de realizar esse Workshop de planejamento surgiu durante a revisão final do livro que eu estou escrevendo, sobre produtividade para mulheres empreendedoras.

O livro é um guia prático para as mulheres que querem encontrar formas de serem mais produtivas no mundo digital, que buscam o equilíbrio entre suas vidas pessoais e profissionais em um mundo que muda constantemente.

O Workshop apresenta algumas das atividades dos dois primeiros capítulos do livro e está dividido em 3 módulos:

Iniciamos com o autoconhecimento, falando sobre as áreas e papéis da vida, (re)descobrindo sonhos, desejos, valores pessoais, identificando o que você quer fazer com o seu tempo livre e como pode equilibrar sua vida pessoal e profissional.

No segundo módulo você vai identificar seus objetivos e resultados esperados, definir estratégias, calcular metas, alinhar expectativas e aprender técnicas de mentalização de alcance do objetivo.

Tudo o que você pretende fazer este ano cabe na sua agenda? No terceiro módulo você vai identificar tarefas recorrentes, aprender técnicas de organização da agenda semanal e mensal, priorizar atividades e calcular o seu tempo.

Você vai contar com diversas planilhas e modelos que vão te ajudar a acelerar o processo de planejamento, como o calendário 2018 e a “calculadora de tempo livre”.

Quer fazer de 2018 um ano mais produtivo?

Vamos juntas?

Faça a sua inscrição pelo link: http://bit.ly/planeja18

É tempo de avaliar 2017
Adelaide Giacomazzi
Adelaide Giacomazzi

É tempo de avaliar 2017

O fim do ano chegou. E talvez você esteja pensando como eu: “nossa, como o tempo passou rápido. Já é natal”.

O final do ano é a época ideal não só para celebrar e curtir momentos especiais com a família, mas também para avaliar.

A palavra avaliar vem do latim e significa “dar valor a”.

Quando você avalia algo está determinando um valor, um preço, a importância de alguma coisa.

Medir é diferente de avaliar. Quando medimos podemos utilizar escalas, provas e testes, fazendo um levantando dos dados existentes, obtendo números. Mas para existir uma avaliação é preciso fazer uma análise e construir um significado em cima desses números.

O ato de avaliar inclui a reflexão, o pensar. E principalmente, fazer conexões com os dados e informações.

Você pode, e deve, fazer uma avaliação da sua vida, tanto no lado pessoal como profissional.

Nesse último post de 2017 quero te convidar a fazer uma breve reflexão em relação ao ano que passou, uma autoavaliação. Pare por um momento, 10 minutos apenas, coloque uma música que você gosta, pegue um papel ou caneta, ou escreva no seu celular. Procure deixar registrado, pois o fato de escrever ajuda a você pensar melhor.

Utilize a imagem da árvore de natal abaixo.

Evento: Gestão do Tempo e Produtividade para empreendedoras

Evento: Gestão do Tempo e Produtividade para empreendedoras

No dia 27 de junho tive a oportunidade de palestrar para um grupo de mulheres, a convite da Cia Empreendedora.

É interessante observar o crescente interesse das mulheres em empreender. Os motivos são diversos: ter uma renda extra, ficar mais tempo perto dos filhos, ter autonomia e independência, vocação ou necessidade. Mas junto com o desejo de empreender vem a vontade de se sentir  no controle da situação, vem a pressão para “dar conta de todas as atividades”, “ter tempo pra resolver todos os problemas (seus e dos outros)”, “ser multitarefa”. E essa pressão muitas vezes é autoimposta, é inconsciente, tendo origem em uma cultura muito forte onde a mulher se sente na obrigação de cuidar, de contribuir, de arrumar, de resolver.

A vida de uma empreendedora não é só glamour e felicidade. É preciso muita disciplina, foco, garra, planejamento e organização para que você transforme a sua vida, e o seu empreendimento, em algo não somente prazeroso mas também rentável. E o que fazer para conciliar tantas atividades da vida pessoal e profissional, fazer mais e melhor em menos tempo?

A importância das amigas na conquista de um novo hábito

A importância das amigas na conquista de um novo hábito

É tão bom estar cercada de amigas, trocar experiências, bater papo, dar boas risadas. E ter uma colega ao lado nas horas difíceis, nos momentos de dificuldade, em tempos de mudança, pode fazer toda a diferença.

Mas como saber se essa colega é uma amiga ou uma cúmplice?

Segundo os autores do livro “Mude tudo que quiser“, os amigos são aqueles que te ajudam a alcançar os objetivos e os cúmplices são os que te distraem e sabotam seus esforços para mudar.

Citando um exemplo: imagine que você está tentando mudar o seu hábito de fazer menos compras e economizar dinheiro para a viagem dos seus sonhos. E compartilha essa sua decisão com a sua colega mais próxima. Ela estará fazendo o papel de “amiga” naqueles momentos em que você vai tirar o dinheiro ou cartão de crédito da bolsa para gastar e te lembrar do seu objetivo maior, da sua viagem, fazendo você refletir se a compra é realmente necessária. Por outro lado, se essa colega insistir com você em continuar indo ao shopping durante o intervalo de almoço, ou ficar te contando sobre as compras que ela fez, falando coisas como “só uma comprinha não vai fazer tanta diferença assim no seu orçamento”, ela vai estar sendo cúmplice, e te afastando do seu objetivo, da sua viagem.

Transformar alguns “cúmplices” da sua vida em “amigas de verdade” soma mais de 60% às suas chances de sucesso.

O Poder da Coragem – As 5 Chaves do Sucesso Que Vão Mudar A Sua Vida

O Poder da Coragem – As 5 Chaves do Sucesso Que Vão Mudar A Sua VidaCompre aqui

Minha sugestão de leitura de hoje é o livro do fundador da maior escola de inglês on-line do Brasil, com mais de 15 mil alunos formados, Jober Chaves.

Este empreendedor conta a sua trajetória de vida profissional e como superou as dificuldades para se tornar uma pessoa de sucesso.

Segundo Jober, para ser um verdadeiro líder, você precisa se libertar da escravidão que lhe persegue e caminhar pelo deserto até encontrar os primeiros oásis, até encontrar a terra prometida.

Para enfrentar essa viagem é preciso lidar com todos os medos, ladrões de sonhos e inseguranças, e isso pode ser feito com a ajuda das cinco chaves da verdadeira riqueza, capazes de transformar vidas: