Como as 4 disciplinas da execução podem te ajudar a atingir objetivos

Como as 4 disciplinas da execução podem te ajudar a atingir objetivos

Você já teve iniciativas e ideias maravilhosas que acabaram não sendo implementadas?

O excesso de atividades diárias do mundo digital pode consumir todo o tempo e energia que você precisa investir para executar as suas estratégias e atingir os seus objetivos.

Sempre haverá mais boas ideias do que sua capacidade de executá-las

Neste livro, a equipe de pesquisadores da Franklin Covey apresenta a sua metodologia desenvolvida para atingir as metas mais importantes da vida executiva, e que também podem ser aplicadas na vida pessoal.

Qual é a fórmula que essa metodologia apresenta?

Organize seus processos e controle a sua ansiedade

Organize seus processos e controle a sua ansiedade

Os seus processos principais, na vida pessoal e profissional, estão definidos e organizados?

Ter a consciência das suas atividades, papéis e responsabilidades, aumenta as chances de ser mais ágil e ter melhores resultados, entregando produtos e serviços com qualidade e no prazo, surpreendendo e encantando seus clientes. Além disso, proporciona mais segurança e contribui para diminuir o estresse e ansiedade.

Processo é uma palavra com origem no latim procedere, que significa método, sistema, maneira de agir ou conjunto de medidas tomadas para atingir algum objetivo. É uma palavra relacionada com percurso, e significa “avançar” ou “caminhar para a frente”.

A tarefa de organizar processos pode não ser fácil e rápida, mas pode alavancar de forma considerável a sua produtividade.

A minha experiência com mapeamento de processos de negócio mostra que muitas vezes existe a intenção de mapear todos os processos, procedimentos, interfaces, incluindo todas as exceções possíveis e imaginárias. Muitas vezes o esforço para fazer com que isso aconteça se mostra uma grande perda de tempo.

“Tudo muda o tempo todo no mundo”

É preciso ter em mente que o processo que você mapeou hoje (talvez de forma bem detalhada) poderá estar desatualizado amanhã. Só que não ter nenhum processo organizado também pode ser prejudicial, aumentando os riscos de precisar refazer atividades, entregar um produto com uma qualidade menor do que a esperada, deixar um cliente insatisfeito, ter problemas de comunicação e relacionamento, perder tempo e dinheiro.

E agora, o que fazer?

Planejando a Divulgação nas Redes Sociais em 6 passos

Planejando a Divulgação nas Redes Sociais em 6 passos

O que você pode fazer para otimizar o seu tempo e criar post’s com maior chance de serem acessados e lidos?

Com planejamento, preparação, conhecimento do seu cliente, técnicas e ferramentas você pode ser mais produtivo na divulgação das mensagens que quer transmitir.

Conhece as expressões “correr atrás do rabo”, “girar em círculos”, “andar feito barata tonta”? Se você partir direto para a execução e não tiver a clareza do resultado que espera obter, se não tiver uma meta e um objetivo específicos, pode perder o maior tempão gerando uma serie de post’s e que não necessariamente vão trazer algum retorno.

Que tal planejar e organizar os seus post’s nas redes sociais utilizando uma ferramenta básica e simples de planejamento e organização, conhecida como 5W1H?

Confira abaixo 6 passos simples.

Lidando com as frustrações da vida empreendedora
Adelaide Giacomazzi
Adelaide Giacomazzi

Lidando com as frustrações da vida empreendedora

Você, como empreendedor, já teve a sensação de levar um banho de água fria no rosto? Sabe quando você planeja, organiza, faz plano A, plano B, e quando pára pra avaliar verifica que a maioria das coisas não saiu conforme o planejado?

As frustrações fazem parte da vida da vida empreendedora e uma das formas de lidar com elas é alinhar expectativas, principalmente consigo mesmo e com as pessoas ao seu redor, aquelas que vão participar direta ou indiretamente das mudanças, da implementação das ideias e dos novos projetos.

Se a sua expectativa for muito alta e os resultados forem abaixo do esperado, você corre o risco de ficar frustrado, desanimado, sem esperança, podendo até ficar doente. Por outro lado, se você não tiver expectativa nenhuma, qualquer resultado que você alcançar poderá ser satisfatório.

“Feito é melhor do que perfeito. Mirar a perfeição causa frustração, no melhor cenário, e paralisa, no pior.” Sheryl Sandberg – COO do Facebook

Uma outra forma de lidar com as frustrações é desenvolver um mindset de crescimento, permitindo-se efetivamente gostar do que faz, e continuando a gostar mesmo diante de dificuldades.

Imagine uma cena com um bebê que está aprendendo a caminhar.

(Re)Definindo seus Sonhos de Vida

(Re)Definindo seus Sonhos de Vida

Você é uma pessoa empreendedora, que tem sonhos e expectativas de um futuro melhor? Ou a sua vida está no piloto automático e você nem se lembra se algum dia teve um sonho?

Sonho é um projeto de vida, algo que dá sentido à sua existência, que te faz encontrar a motivação para superar as dificuldades e aprender com os desafios.

Sonho ou desejo?

Encontrei uma definição muito interessante de Augusto Cury falando sobre a diferença entre sonhos e desejos. Segundo ele, “sonhos são projetos de vida e desejos são intenções superficiais”. O desejo é o querer, ter a vontade ou expectativa de possuir ou alcançar algo, satisfazer as necessidades mais básicas, como sobrevivência.

Independente se você tem muito ou pouco dinheiro, muitos ou poucos momentos de prazer, pode ser  complicado e doloroso ficar com uma sensação de vazio, como se a vida não fizesse sentido. E isso pode acontecer quando você não tem um sonho, ou quando ele está dormindo lá dentro de você e por diversos motivos você não tem coragem de acordá-lo.

“Cada sonho que você deixa pra trás, é um pedaço do seu futuro que deixa de existir.” Steve Jobs

Muitas pessoas podem ter dificuldade para identificar seus sonhos. Talvez porque nunca tenham parado para pensar de uma forma mais aprofundada sobre isso, ou estão muito ocupados com a correria do dia-a-dia, ou insistem em realizar alguns sonhos de infância que talvez não façam mais sentido.

Recebi uma mensagem de uma coachee muito querida na virada do ano, em que ela desejava “um renascer de velhos sonhos”.

Convido você a fazer uma reflexão profunda sobre os seus sonhos.

Você atingiu todos eles, ou está próxima de atingir?

Quando for (re)definir seus sonhos, você deve prestar muita atenção e ser o mais sincera consigo mesma. Não são os sonhos do seu pai, da sua mãe, do seu marido, do seu chefe ou de nenhuma outra pessoa. São os “seus” sonhos de vida.

Se é realmente um sonho que é seu e de mais ninguém, o que você está fazendo para tornar ele realidade? É mais fácil deixar ele guardado em alguma gaveta ou escondido dentro de você, muitas vezes fingindo  não perceber a autossabotagem para não realizá-lo?

Se você se sente muito longe ou distante, isso pode ter acontecido porque talvez esse sonho nunca foi seu de verdade, e sim de alguma outra pessoa com um alto poder de persuasão. E você simplesmente se deixou influenciar de alguma forma.

Você tem 3 alternativas:

  • Refletir com sinceridade e definir um sonho que é seu de direito, algo que faça sentido para você e para a sua vida
  • Definir um sonho que você entende que é seu e testar se é isso mesmo que você realmente quer, revendo depois se for necessário
  • Assumir que não é um sonho seu, e sim de outra pessoa (ou da sua empresa), mas que você está empenhado em ajudá-la a atingir porque isso vai te trazer algum benefício

 

Realizar sonhos exige muito planejamento, disciplina, garra e dedicação. A jornada pode ser difícil, mas a sensação de ter um sonho realizado é única e inesquecível.

Sem sonhos, a vida não tem brilho. Sem metas, os sonhos não têm alicerces. Sem prioridades, os sonhos não se tornam reais. Sonhe, trace metas, estabeleça prioridades e corra riscos para executar seus sonhos. Melhor é errar por tentar do que errar por omitir.Augusto Cury

Procurando a “luz no fim do túnel”

Procurando a “luz no fim do túnel”

Se você é empreendedora já deve ter acontecido de você ter se sentido em alguns momentos no escuro, sozinha, perdida, muitas vezes sem dinheiro e sem tempo, precisando de ajuda e de orientação. Querendo encontrar uma “luz no fim do túnel.”

Lembro de uma vez quando eu estava hospedada a trabalho em um hotel em Londrina, e meu quarto ficava no penúltimo andar do prédio. No último andar tinha uma piscina pequena com umas cadeiras e mesas, um ambiente bem gostoso. Eu tinha chegado do trabalho mas ainda tinha muita coisa pra fazer. Então eu decidi trabalhar mais um pouco nas mesas perto da piscina. Peguei o meu notebook, cadernos, lápis, garrafinha de água e mais um monte de coisas e resolvi subir pela escada, pois era somente um lance de andar.

Logo que eu entrei naquelas portas “corta-fogo” e comecei a subir, a luz apagou. Ficou tudo realmente muito escuro, eu não enxergava absolutamente nada. E onde estava o interruptor? É claro que eu não encontrava. A minha primeira sensação foi de pânico. Eu estava no meio da escada com degraus pra todo lado e eu tinha medo de cair. Fiquei na dúvida se eu voltava ou ia em frente. Me lembro como se fosse hoje da sensação ruim, de estar sozinha, sem saber pra que lado ir, e principalmente, no escuro total. As opções gritar e chorar foram consideradas, mas descartadas rapidamente. Imaginei que seu eu gritasse ninguém ia me ouvir. Sentar no chão e ficar chorando também não ia resolver, embora pudesse ajudar a extravasar e eliminar um pouco a angústia que eu estava sentindo. Eu também não queria derrubar o meu notebook e estava praticamente sem mãos livres. (no melhor estilo mãe de duas meninas, sempre com as mãos ocupadas).

Como eu saí dessa situação?

Organize seus projetos com o Trello

Organize seus projetos com o Trello

O Trello é uma ferramenta de produtividade gratuita que pode ser utilizada para organizar seus projetos pessoais e profissionais, de forma individual ou compartilhado com outras pessoas.

Para cada projeto você vai criar um quadro. E cada quadro pode ter uma várias listas de tarefas, chamadas de cartões. Imagine que cada cartão é como um post-it, que você gruda em um quadro e pode ir movimentando de acordo com a sua execução.

A forma mais simples de organizar os seus projetos é dividindo-os em “tarefas a serem feitas” e “tarefas realizadas”. Dessa forma, você consegue ter uma visão geral do quanto seu projeto evoluiu e quanto ainda precisa ser realizado.

Para cada cartão você pode adicionar alguns recursos que vão facilitar a sua organização, como:

Membros – serve para adicionar as pessoas responsáveis pela execução da tarefa

Etiquetas – é possível definir cores para cada tipo de tarefa ou nível de urgência

Checklists – crie listas e tenha o controle do % de conclusão das suas tarefas

Data de entrega – ao definir um dia e hora limite o sistema vai enviar uma notificação quando o prazo estiver chegando ao fim e mudará a cor no cartão, sendo que o amarelo indica quando está próximo e vermelho quando já estourou o prazo de entrega

Anexos – você pode adicionar fotos, links e vídeos que estão no seu computador ou na nuvem

 

Minha experiência com o Trello

Eu uso o Trello por mais de 3 anos e ele me ajuda muito.

Além de controlar as minhas sessões de Coaching com os clientes, também utilizo para organizar a parte financeira da minha empresa, as minhas ações de Marketing e divulgação, o andamento dos meus e-books e livros e todos os meus outros projetos (que não são poucos).

A facilidade de ter as informações sempre disponíveis e atualizadas, no meu celular, notebook ou tablet, me garante muito mais produtividade e agilidade.

Depois que você começa a usar, é bem difícil parar.

Experimente.

 

https://trello.com/